terça-feira, 27 de abril de 2010

Ângela Dip



Atriz, bailarina, escritora e diretora, Ângela Dip atuou nos filmes "Eliana e o Segredo dos Golfinhos", direção Eliana Fonseca; "Castelo Ra Tim Bum", direção de Cao Hamburguer; "Por Trás do Pano", direção de Luis Villaça; "Terremoto", direção de Beto Brant; "Efeito Ilha", direção de Luis Alberto Pereira; "Romance", direção de Sérgio Bianchi; "Lua Cheia", direção de Alan Fresnot; "Quanto Vale ou é Por Quilo"; "O Martelo de Vulcano"(2003).

Na sua opinião, como deveria ser a exibição dos curtas para atingir mais público? Adorava quando antes dos longas ,passava um curta.
Podia ser isto talvez...e mostras específicas sempre atraem um publico fiel.

Por que os curtas não tem espaço em críticas de jornais e atenção da mídia em geral?
Porque a mídia sempre tem espaço pra merchandising e coisas que dão grana,ou rendem fofoca.

Você já atuou em curtas, como o 'Expresso', o que te faz aceitar participar de um curta?
Se eu gostar do roteiro estou fazendo independente de qualquer outra questão. Pena que quase não me chamam.

A preparação para atuar em curtas é diferente em relação à sua preparação para uma peça ou um longa? Como procede?
A preparação é a mesma. Mas geralmente não se tem o tempo necessário. Lança-se mão da experiência, esperteza, truques e indicação da direção.

Pensa em dirigir um curta-metragem futuramente?
Tenho muitas idéias que dariam curtas e longas. Mas não sei roteirizar para este veículo; dirigir então, não faço a menor idéia de como é. realmente não entendo nada de direção de cinema. Sou imensamente criativa e é só.

Nenhum comentário: