sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Babu Santana

Ator. Participou de mais de trinta curtas.
 
O que te faz aceitar participar de produções em curta-metragem?
Os roteiros de curta-metragem em geral são muito interessantes... eu considero uma arte escrever curtas, prender a atenção de quem assiste então pouco tempo, contar uma historia em pouco tempo. isso me aguça a vontade contribuir com a história e depois os curtas revelam a capacidade do cineastas que geralmente são iniciantes... é a chance de eu como ator apoiar o inicio da carreira de um diretor... e se no futuro ele vira um diretor atuante no mercado de trabalho é uma janela que se abre pra mim também...resumindo
eu aceito fazer curtas pela ciência maravilhosa que é, por interesse comercial... vai que o cara vire um Cacá Diegues ou um Fernando Meireles....rsrsr
 
Por que os curtas não têm espaço em críticas de jornais e atenção da mídia em geral?
Cara essa é difícil de responder... acho que tem haver com comercialidade....poucas pessoas consome esse tipo de produto... falta de espaço, incentivo... não sei essa você me pegou.
 
Na sua opinião, como deveria ser a exibição dos curtas para atingir mais público?
Na minha humilde opinião toda sala de cinema brasileira tinha que exibir, antes do filme em questão, um curta brasileiro....não importa o filme que for nacional estrangeiro... antes da sessão principal, um curta brasileiro.... isso tinha que ser lei.
 
É possível ser um cineasta só de curta-metragem? Vemos que o curta é sempre um trampolim para fazer um longa...
Bom acho que tudo é possível você sim ser só diretor de curtas se você é o melhor no que faz.... sempre vai haver espaço. Mas se você quer ser diretor de longas... acho que os curtas são ótimas experiências... administrar um longa não é pra qual quer um... e como a exposição com os curtas é menor, a pressão também. Eu não vejo com maus olhos a pessoa que usa os curtas como trampolim para os longas...
 
O curta-metragem é marginalizado entre os próprios cineastas?
Cara acho que não, eu pelo menos nunca percebi isso. Todo diretor que eu trabalhei, teve a sua primeira experiência com curtas... eu acho que a questão é comercial entendeu
 
Pensa em dirigir um curta futuramente?
Então, eu já fiz vários curtas com meus amigos do Nós do Morro... como assistente de arte, com produtor, como maquinista como ator...eu já participei de mais 30 curtas metragens.... e só agora tomei coragem e rodei meu primeiro curta como diretor, se chama "TPM, Tudo Pode Mudar", estou em faze de finalização.

Nenhum comentário: