quinta-feira, 26 de julho de 2012

Claudia Alencar

Claudia é atriz, poetisa, artista plástica e escritora. Atuou nas novelas ‘Vidas em Jogo’, ‘Os Mutantes’, ‘Tieta’, entre outras. No cinema, ‘Xuxa e os Duendes’, ‘Inspetor Faustão e o Mallandro’, ‘Por 30 Dinheiros’, entre outros títulos.

O que te faz aceitar participar de trabalhos em curta-metragem? 
Se o roteiro for uma boa historia, bem contada e original eu adoraria fazer. O personagem... É importante que tenha uma participação crucial na trama principal, mas não precisa ser a protagonista. Um bom personagem não tem tamanho. 

Por que os curtas não têm espaço em críticas de jornais e atenção da mídia em geral? 
Nem os curtas, nem o teatro, nem a dança, nem a cultura. Ok.  Os curtas são os filhos bastardos.... Mas  atualmente eles estão com uma melhor qualidade e estão se sobressaindo como os desenhos animados. Não se criou o Anima Mundi? Não há uma cultura agora de desenhos animados? Porque deixaram de ser aquela infantilidade. Os curtas agora se assumiram como arte, filmes de gente grande e começam a ter visibilidade  maior  em festivais e tem uns maravilhosos, obras primas. Já fui júri de curtas em Curitiba e fiquei extasiada com a qualidade  técnica, artística, poética, cômica e dramática de muitos. O curta tem essa vantagem de poder ser poético mais facilmente. E é tão lindooo.

Na sua opinião, como deveria ser a exibição dos curtas para atingir mais público? 
Deixem os comerciais antes dos filmes que agora virou lei e $$$ para os exibidores e salas de cinema e depois deles um curta maravilhoso, esplendoroso, como aconteceu naquele desenho animado do meu melhor inimigo que tinha um curta de desenho animado da Pixar todo poético sobre o dia e a noite. Uma doçura, para a alma. Deveria ser assim... Como uns tempos atrás já foi. É necessário haver lei ,para isso(ainda há??) E união dos cineastas ,atores, técnicos, sindicatos(ainda existem??Dio Santo??) Para impor essa lei. E voilá! Patrocinador !!!É o voilá! Final... Que tal falar com Bradesco ou Petrobras para esse projeto maravilhoso???  

É possível ser um cineasta só de curta-metragem? Vemos que o curta é sempre um trampolim para fazer um longa... 
Se for obrigatório o curta antes do filme é claro que seria possível ser um cineasta só de curtas, mas de outra maneira.... Qual seria??? Passar em universidades? Em centros de ginasticas,  em comunidades carentes? ONGs? Com parcerias com as academias ? Em praças publicas? Parcerias com grandes patrocinadores? Dar uma contrapartida social? Receber dinheiro de amigos e eles participarem de alguma forma captando recursos de pessoas físicas? Não sei... .Ser artista é ter duas profissões... Eu tive  ter duas profissões durante  os primeiros cinco anos de minha carreira- professora universitária de teatro e pesquisadora de teatro na prefeitura de sampa, depois só vivi como atriz... Mas  para isso é necessário talento, sorte, persistência, persistência, raça, persistência, humildade, estudo, talento, persistência, humildade, estudo... É raridade e todos sabemos disso.

O curta-metragem é marginalizado entre os próprios cineastas? 
Acho que sim. Acho... Talvez eles considerem uma arte menor, mas isso é porque o curta ainda não teve a coragem de se impor, de se revelar por inteiro. Mas quando a vemos um bom curta todos se vergam e aplaudem como se fosse seu filho!!!  Nunca é problema do outro e sempre da gente! 

Pensa em dirigir um curta futuramente? 
Às vezes penso. Sou poeta. Escrevo muito. Vou lançar meu quarto livro de poesias  - "refinamento e loucura", pela ed. Record , no segundo semestre, mas as vezes me imagino fazendo um curta... Mas me sinto incapaz. Besteira minha. Insegurança. Falta de autoconfiança e coragem. Mas se eu quiser e vocês  agora me atiçam com essa bela e magica idéia vou fazer!!!!. Tenho câmera e ideias não me faltam... Obrigada pelo incentivo! Estamos agora na mesma turma. Oba!

Nenhum comentário: