domingo, 17 de agosto de 2014

5 Estrelas da Boca: Noelle Pine


Folha da Tarde (1982)

Folha de S.Paulo (1981), coluna do Jotta Santana





Como era sua relação com o saudoso e sensacionalista jornal ‘Noticias Populares’?
Nossa, que saudade...!  O "Notícias", acho que era o maior fã das atrizes de cinema...rs

Sempre estávamos na capa. Era até engraçado...Como era um jornal sensacionalista que estampava na capa fotos estarrecedoras de crimes, catástrofes etc, sempre havia a foto de uma de nós em pose sensual que contrastava com o titulo. Era o jornal mais vendido da época. Agora fica a pergunta: compravam porque sempre havia nossas fotos lá, ou o público depois espremia pra ver se saía sangue...? Rs...

Teatro
Minha formação artística, digamos, foi no teatro. Estudei artes cênicas com a grandiosa Miriam Muniz e o respeitadíssimo formador de atores Silvio Zilber (ambos eram professores da prestigiosa Escola de Atores Macunaíma). Quando fui para o cinema já tinha esta bagagem. Fiz onze peças de teatro, algumas paralelamente ao meu trabalho no cinema. Quando fiz “A Outra Face”, dirigida pelo Clery Cunha, ele me convidou para fazer o filme, "O Rei da Boca”, que foi um boom naquela época, com o talentoso Roberto Bonfim que interpretava um cafetão. 

Nenhum comentário: