quinta-feira, 1 de junho de 2017

Os Trapalhões: Bruna Lombardi


BRUNA LOMBARDI
Atriz


Você atuou no filme O Cangaceiro Trapalhão. Como e por quem recebeu o convite para atuar nesse filme? Como foi a experiência?
Foi interessante, porque adorei a possibilidade de fazer um personagem duplo. Foi o Daniel Filho que me chamou. Ele é um grande diretor. Eles construíram a casa que virava. Era um truque, mas bastante complexo de filmar. Esse efeito foi a primeira vez que fizeram no Brasil. Não era digital, era tudo pra valer. Tinha que mergulhar para valer no pântano, os atores faziam de tudo.

Que representava, naquele período, atuar num filme com Os Trapalhões, que eram certeza de sucesso de bilheteria?
Na verdade, nem pensava nisso. Não tinha essa preocupação. Gostava de fazer bons personagens, que é o que me move até hoje. Gostei muito da experiência. Eles foram simpáticos, receberam-me bem.

Quais as suas lembranças do filme O Cangaceiro Trapalhão? Onde esse filme foi filmado?
Eu filmei no Rio. Em lugares áridos do Rio de Janeiro naquela época, como a Barra da Tijuca.

Sua personagem era a Fada Bruxa, como compôs a sua personagem?
Quis criar uma bruxa diferente das bruxas que a gente vê em tudo quanto é lugar, na literatura, em televisão e mesmo no cinema. O Daniel Filho é muito criativo, ele pensa muito em como utilizar o melhor da sua criação.

Como Daniel Filho conduziu todo o processo fílmico? Como era a sintonia dele com Renato, sempre por perto?
Como o Daniel já dirigia, era experiente. O Renato delegou totalmente a tarefa a ele. Ficava mais tempo dentro de seu trailer, deixou o Daniel trabalhar.

Quais as lembranças de bastidores do filme? Como foi o seu contato com o quarteto?
Foi ótimo. Eu já os conhecia. Gente muito boa, do bem.

Quem era o maior comediante do grupo?
Renato tem um humor matreiro, personagem por vezes triste, pega o imaginário coletivo. Mas não dá para dizer quem é o maior, já que era um quarteto. Todos tinham a sua importância.

Por que, na sua visão, os críticos e a Academia rejeitam os filmes produzidos e estrelados pelos Trapalhões?
Eu acho que, durante um período, talvez, o tipo de qualidade, de humor, não era o que os caras estavam querendo. Não consigo pensar no que eles imaginavam, mas existia uma forma enviesada de olhar o cinema deles. Fizeram as crianças felizes, é legal que tenham existido.

Como classifica o cinema feito pelos Trapalhões?
Farsa popular, fantástica.

Nenhum comentário: