sexta-feira, 5 de julho de 2013

Akira Goto

Diretor de arte.
 
O que te faz aceitar participar de produções em curta-metragem?
O que me faz participar de curtas: um roteiro que eu me apaixone e roteiros que tenham universo e espaço para arte...
 
Por que os curtas não têm espaço em críticas de jornais e atenção da mídia em geral?
Acho que a mídia em geral, ainda não vê retorno. Ignorância...
 
Na sua opinião, como deveria ser a exibição dos curtas para atingir mais público?
As exibições de curtas, deveriam estar em todos espaços culturais. Exemplo: nos cinemas, um curta antes do inicio da seção... Nos teatros, dentro do metrô, ônibus, nos bares, tevê, etc...
 
É possível ser um cineasta só de curta-metragem? Vemos que o curta é sempre um trampolim para fazer um longa...
Acho que ainda não. O cineasta mal consegue viver de longa, haja ralação, filmes pra comercial, palestras...
 
O curta-metragem é marginalizado entre os próprios cineastas?
Não acho marginalizado pelos cineastas...
 
Pensa em dirigir um curta futuramente?
Já pensei, hoje não mais...

Nenhum comentário: