quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Série: 5 Estrelas da Boca


Hoje eu começo a publicar uma série de registros fotográficos da atriz Zilda Mayo. As fotos são do seu acervo pessoal e foram cedidas pela atriz. As legendas que irão compor cada imagem foram escritas pela própria Zilda.

Durante o mês de janeiro iremos acompanhar suas memórias profissionais e pessoais.

Nos últimos dois anos, aqui mesmo pelo blog, passamos a conhecer um pouco mais sobre a Nicole Puzzi (que inaugurou a série ‘5 Estrelas da Boca) e no ano passado foi a vez da atriz
Eni Helena Novakoski.
A terceira atriz retratada na série é Zilda Mayo.
Sobre a atriz:
Zilda Mayo, nasceu na cidade de Araraquara, em São Paulo, trabalhou como babá e vendedora até conseguir uma participação em uma produção de Sílvio Santos. Foi telemoça no programa do dono do Baú da Felicidade. Foi modelo de passarela, teatro e fez comerciais para a TV na década de 70.

Estreou em cinema em 1976 “Ninguém Segura Essas Mulheres”, no episódio “O Furo”. A partir daí, fez cerca de 40 filmes. Zilda Mayo torna-se uma das musas da Boca do Lixo, atuando com alguns de seus maiores cineastas: Jean Garret, Carlos Reichenbach, John Doo, Ody Fraga, entre outros.

Zilda Mayo também atua no e teatro na televisão – participação de especiais e novelas como “Casa de Pensão” (1982), “Filhos do Sol” (1991), “Irmã Catarina” (1996) e “O Olho da Terra” (1997 ). Sua carreira cinematográfica se estende até a década de 80. Entre tantos filmes, está seu encontro com o cineasta Carlos Reichenbach, com quem atua no clássico “A Ilha dos Prazeres Proibidos” e no episódio “Rainha do Fliperama” do longa “As Safadas”.

Nenhum comentário: