sábado, 21 de junho de 2014

Nazareno Casero

 
Ator argentino de cinema, teatro e televisão. Participou do longa-metragem ‘Crônica de uma Fuga’, entre outros trabalhos.
 
O que te faz aceitar participar de produções em curta-metragem?
A verdade é que eu não fiz muitos curtas-metragens. Mais deve ter bom roteiro, que possa contar a historia de um jeito claro, em pouco tempo. tem que me surpreender. 
 
Por que os curtas não têm espaço em críticas de jornais e atenção da mídia em geral?
Por que o pessoal ainda tem preconceito com os curtas-metragens, acho que os curtas sofrem - estou falando da realidade na Argentina - acredito que não é muito diferente no Brasil.
 
Na sua opinião, como deveria ser a exibição dos curtas para atingir mais público?
Deveria ter algumas salas de cinemas que um dia no mês fazem uma mostra de curtas, na noite... eu estive no cinema do HSBC na Avenida Paulista e era muito legal! Fazer alguma coisa assim, mas de curtas.
 
É possível ser um cineasta só de curta-metragem? Vemos que o curta é sempre um trampolim para fazer um longa...
É um treino muito legal! É relativamente barato! ninguém vai te dar o orçamento pra uma longa-metragem de 35mm se você não tem algo pra mostrar...
 
O curta-metragem é marginalizado entre os próprios cineastas?
Não acho que seja tão assim, se os cineastas colocam no outro patamar os curtas dos longas é porque não são verdadeiros artistas... você não vai criticar de um jeito ruim uma pintura porque é pequena. 
 
Pensa em dirigir um curta futuramente?
Eu deveria dirigir algum curta-metragem se tivesse vontade de ser diretor, mas ainda estou aprendendo como ser bom ator... aprendo fazendo filmes...

Nenhum comentário: