sexta-feira, 8 de julho de 2011

Blog e FIIK: Parceiros!!!



O blog ‘Os Curtos Filmes’ e o FIIK (Festival Internacional de Cinema Independente Kino-olho) acabam de selar uma parceria. Em breve traremos informações detalhadas desta parceria.

O FIIK é um festival de cinema produzido pelo grupo de Pesquisa e Prática Cinematográfica Kino-olho, grupo independente instituído na cidade de Rio Claro – SP desde o ano de 2006. A realização do FIIk tem como interesse unir e divulgar realizadores independentes do mundo que produzem um cinema engajado a partir de novas linguagens estéticas, valorizando um cinema autoral que não está nos grandes circuitos da mídia.

Ainda a partir do principal objetivo que norteia o FIIK, o de se tornar veículo de divulgação e incentivo dos realizadores fora do circuito das grandes mídias, o festival também promove debates entre profissionais da sétima arte e a organização de oficinas, workshops e palestras como forma de oferecer ao público a oportunidade de apresentar e pôr em discussão práticas alternativas de produção cinematográfica.

O festival é uma vitrine para as novas linguagens audiovisuais que estão se formando no Brasil e no mundo, o que fortalece o intercâmbio entre as diferentes produções.

Histórico do Festival

O FIIK teve sua primeira edição no ano de 2009 e dada a importância de manter o evento, sua segunda edição realizou-se no ano seguinte fortalecendo a iniciativa e público que prestigiou o evento. Em suas duas edições foram organizadas exibições dos trabalhos selecionados em cinco sessões que ocorreram em cinco dias distintos cada qual com os seguintes temas: ficção; documentário; vídeo-arte; filmes estrangeiros; e produções do grupo Kino-olho. Na primeira edição tivemos certa dificuldade de divulgar o Festival e organizá-lo, visto que tal iniciativa nunca houve na cidade de Rio Claro – SP. Por outro lado, devido ao trabalho de formação no setor audiovisual que o grupo Kino-olho já realiza na cidade desde o ano de 2006, e a notoriedade do kino-olho nas demais cidades do Estado de São Paulo, de outros Estados brasileiros e o contato feito com realizadores estrangeiros, nos permitiu reunir um grupo considerável de trabalhos independentes para a Mostra.

No ano de 2009 o Festival se restringiu apenas a Mostras não competitivas e a promoção de mesas de discussão no final das sessões envolvendo artistas locais, sem haver outras atividades paralelas que integrassem o evento. Entretanto, amadurecida a idéia e a organização do Festival, no ano de 2010 incluímos na programação uma série de atividades disponíveis ao público de forma gratuita e que envolviam desde oficinas, workshops e palestras, inclusive ministradas por professores e alunos da UNESP, parceria feita entre o FIIK e a Universidade.

Outro grande passo da organização do Festival foi sua inclusão no Kino Fórum – guia dos Festivais audiovisuais – que possibilitou maior visibilidade para o evento. Com isso recebemos cerca de trezentos filmes, uma gama muito maior que no ano anterior.

Caminhamos no sentido de estruturar o Festival a cada edição, pensando principalmente em sua ampliação, seja no sentido de unir cada vez mais realizadores independentes, de divulgar o Evento para que o público seja crescente, ou de expandir sua importância através da melhoria da organização de atividades que agreguem a Mostra.

Nenhum comentário: