sábado, 23 de julho de 2011

Paulo Cezar Andrade Prado



Paulo Cezar Andrade Prado, o Paulinho, como é popularmente conhecido, é um jornalista esportivo, trabalha na Rádio MídiaCast como editor-chefe e comentarista e tem o blog (http://blogdopaulinho.net/) como referência para quem busca informações que vão muito além do óbvio.

Por que há tão poucas produções cinematográficas relacionadas ao futebol?
Nem tão poucas assim. Se você observar, nos EUA, além de produções cinematográficas há até séries que tem o esporte, pelo menos, como pano de fundo. O problema maior está relacionado ao futebol. Dizem que é muito difícil filmá-lo de maneira adequada.

Diferentemente do boxe, beisebol e até mesmo do basquete, o futebol é mais dificil de ser "enquadrado" por uma câmera de cinema?
É o que dizem os especialistas.

Os filmes sobre futebol são, em sua maioria, documentários sobre títulos, clubes ou ídolos. Por que a ficção é pouco abordada nesses filmes?
Talvez pela dificuldade em criar boas cenas. Mas, sem duvida, deveriam existir mais produções sobre o assunto.

Na sua opinião, com a chegada da Copa de 2014, o aumento e o nível de produção de filmes sobre futebol irão aumentar?
Tudo indica que sim. Seria uma ótima sacada, aproveitar que o povo estará pensando muito em futebol.

Quem assiste um jogo de futebol no estádio sabe exatamente que a transmissão de uma partida, pela televisão, não consegue passar de maneira fidedigna a sensação que temos ao ver a mesma partida in loco. O que a televisão pode fazer para melhorar as suas transmissões, ou isso é impossível?
Honestamente não vejo grandes problemas nas transmissões de futebol pela TV. Acho que a qualidade é muito boa. Mas sempre há espaço para melhoras.

Qual jogador merecia ter a sua vida documentada em um filme?
Dr. Sócrates.

Muitos jornalistas, quando muito, saem da sua rotina em redações de jornais, rádio ou televisão e publicam um livro. Poucos se arriscam em transitar em outras áreas. Pensa, um dia, em filmar algo relacionado ao futebol?
Seria interessante, mas teria que me preparar para não fazer feio...

Nenhum comentário: