sábado, 3 de março de 2012

EU CURTO - Kassandra Speltri

http://www.portacurtas.org.br/beta/filme/?name=os_fieis
“Os Fiéis” do Danilo Solferini é muito legal, bem filmado e dirigido, tem uma fotografia bonita (adorei a fotografia!), bons atores, o Rio de Janeiro, enfim, tem todos os requisitos pra ser um bom filme, acima de tudo pela temática: futebol!

Eu escolhi esse tema, não o filme e, na maior cara de pau, vou usá-lo para despejar minha indignação por essa paixão brasileira antiga.

Não se trata aqui de um manifesto contra o esporte futebol, eu adoro esportes, todas as terças, quartas e quintas feiras, às 8 da matina, quem quiser me encontra acompanhando meu filho nas suas aulas de futebol de areia. Sim! Ele tem um time do coração e, por conta da paixão por futebol do meu pai, ele se tornou um simpatizante fervoroso desse esporte que levou o Brasil à fama mundial!

Essa foi uma justificativa pra que eu não passe por “chatinha moralista”, mas é que eu não me conformo como a maioria dos torcedores (isso é fato incontestável) tem na ponta da língua o elenco do time favorito, e se duvidar dos adversários, mas não fazem a menor idéia de quem os representa politicamente. ISSO É INDIGNANTE!!!

Essa paixão exacerbada pelo time e apatia total pelos direitos humanos me pega, sabe? Todas as regras do jogo são lembradas e relembradas, depois cobradas por torcedores que coagem seu time do CORAÇÃO com violência truculenta a ganhar um campeonato de futebol! Em várias ocasiões se digladiam e destroem o patrimônio público sem nem questionar ou se dar conta de que quem paga pelo prejuízo com tantos impostos são eles mesmos, ou nós!

Que paixão é essa? Confesso que me constrange ver marmanjos chorando a derrota de seu time, indignados porque o técnico não trocou o jogador ou, sei lá, não está ganhando o tal campeonato.

Uma nação que gasta bilhões de reais pra construir estádios de futebol e vê seus parentes morrerem nas filas dos hospitais públicos não pode ser respeitada, sem falar nas regras do jogo! Nunca vi paixão assim pelo nosso país! Nunca vi nossa nação chorar a decadência política do nosso país! Nunca vi esses mesmo cidadãos lutarem por seus direitos e cobrarem eficiência dos seus governantes, cobrarem clareza nas regras do jogo, e depois cobrar que todos sigam essas regras de “organização e progresso”!!! Digo “todos” pros candidatos a quem ele mesmo deu seu preciosíssimo voto. É uma pena ele não dar valor ao seu poder de veto político!

Onde está a nossa dignidade? Nosso país é um caos e vamos sediar a Copa do Mundo!!! Isso não pode ser normal! Será que sou mesmo uma chata moralista que ainda por cima está gorando nosso sucesso? Não!! Definitivamente não!! Só desejo que nosso país desperte, que sejamos maduros politicamente, que saibamos escolher com propriedade quem nos representa e que estejamos conscientes da nossa força e poder na hora da escolha.

Quero muito que todos tenhamos na ponta da língua quem nos representa e principalmente quem não nos representa, não dá pra entrar no jogo do sistema tão passivos e equivocados assim… e tem mais uma coisinha, quantos atletas em potencial temos no nosso país que não têm e nem nunca vão chegar perto da oportunidade de se mostrar em Copa do Mundo ou Olimpíada ? MUITOS!!!! Somos o país mais fake do mundo! Entregamos de bandeja todas as nossas ferramentas pros gringos que usufruem o que temos de melhor, não só na indústria, mas também da parte humana!

É uma vergonha que alguns jogadores de futebol sejam tão ricos e nossos mestres/professores tão pobres! É uma vergonha saber que a maioria dos atletas profissionais de esportes “menos visados” sejam obrigada a levar sua paixão como hobby por não terem as condições e o incentivo que merecem! Acho uma vergonha!!!

É isso! Fica aqui meu post e peço desculpas à equipe do filme, espero não ter agredido ninguém, porque, pra mim, uma das funções da arte é a de despertar opinião mesmo! Mas não quero que ninguém concorde ou discorde, apenas que reflitam a respeito!

Kassandra Speltri é atriz, dramaturga, diretora, artista plástica e colunista do blog ‘Os Curtos Filmes’.

Nenhum comentário: