sábado, 7 de março de 2015

Dandara Ferreira


Formada em cinema pela FAAP (Fundação Armando Álvares Penteado), foi assistente de direção do canal ‘TNT + Filme’. Dirigiu o clipe da música “As Palavras”, da cantora Vanessa da Mata.

O que te faz aceitar participar de produções em curta-metragem?
O que me faz participar de produções em curta-metragem é o meu prazer. Amo cinema e fazer cinema. Curta-metragem é um meio para por as ideias em ação.

Conte sobre a sua experiência em trabalhar em produções em curta-metragem.
Fiz faculdade de cinema, o que me permitiu constantemente estar envolvida em diversas produções de curta-metragem. Depois de formada, ajudei alguns amigos nos filmes deles e dirigi um curta que desenvolvi junto com uma amiga.

Por que os curtas não têm espaço em críticas de jornais e atenção da mídia em geral?
O curta embora tenha um mercado muito grande e extenso em vários lugares do mundo, não recebe a atenção da mídia o quanto deveria ter. Imagino que isso se deva a sua dificuldade de exibição em salas comerciais, ficando restrito ao universo dos festivais e mostras de cinema.

Na sua opinião, como deveria ser a exibição dos curtas para atingir mais público?
Para haver mais público, a primeira coisa que deveria é ter mais espaço aos curtas-metragens. Uma politica maior de exibição e distribuição. Acho que deveria voltar a passar curta-metragem antes dos longas-metragens no cinema.

O curta-metragem para um profissional (seja ele da atuação, direção ou produção) é o grande campo de liberdade para experimentação?
O curta-metragem é um meio para experimentar linguagens e também descobrir novos talentos. Uma oportunidade de vivenciar uma produção cinematográfica e adquirir experiência.

Qual é a receita para vencer no audiovisual brasileiro?
Acho que não existe uma receita, se existisse todos estariam fazendo o mesmo bolo. Mais um ingrediente que tem feito sucesso é o humor. O grande público está cansado de drama, miséria e tragédia no cinema nacional.

Pensa em dirigir um curta futuramente?
Sim! Já estou com um roteiro pronto pra filmar. Só falta captar, que é a parte mais difícil. 

Nenhum comentário: